Mau-Hálito (Halitose)

               A halitose ou mau hálito refere-se a exalação de odor desagradável pela boca. Cerca de 85% dos casos de halitose ocorrem devido a problemas dentários (cáries, placa bacteriana), de gengiva (gengivite, periodontite) e de língua (língua saburrosa). A boa escovação dos dentes e da língua, o uso de fio dental e a visita regular ao dentista são fundamentais para evitar o mau hálito.
         Mas também é verdade que existe uma parcela de casos significativa de pacientes com queixa de halitose que têm uma saúde bucal perfeita. É aí que entra a avaliação médica.
 
          Problemas gástricos, por exemplo, como o refluxo gastro-esofágico e a gastrite, em especial nos casos em que se detecta a bactéria Helicobacter pylori, podem estar relacionados à halitose.
          Da mesma forma, pessoas cujas amígdalas têm "buracos", chamados pelos médicos de criptas, tendem a acumular restos alimentares nestes locais, que são metabolizados formando massinhas brancas conhecidas como caseum, de cheiro ruim. A amigdalite caseosa, portanto, é uma causa de mau hálito. O tratamento nestes casos passa pela remoção das amígdalas ou sua cauterização a Laser.
 
Algumas atitudes importantes que têm grande impacto sobre o hálito:

Nenhum comentário:

Postar um comentário