Otite Externa

O que é otite?

É a inflamação do ouvido, cujo a denominação médica mais correta é orelha.
A orelha é dividida em três partes: orelha externa, média e interna. Normalmente temos dois tipos de otites: otite externa e otite média (o termo otite interna não é usado e a inflamação dessa parte do ouvido não é considerada propriamente uma otite).




O que é otite externa ?

A otite externa ocorre quando a pele que cobre a orelha desde o pavilhão auricular até o conduto auditivo externo (túnel que acaba na membrana timpânica) está inflamada. Normalmente esta inflamação está relacionada com o contato com a água, seja de praia, piscina ou rios. A água "acumula" no ouvido, macera a pele (a torna friável) e permite que bactérias penetrem.
Outra causa comum de otite externa é a manipulação dos ouvidos com cotonete, unha, tampa de caneta, palito, prego ou o que quer que seja que a pessoa tenha a mão. Isso machuca a pele do conduto e cria uma solução de continuidade (pequenas feridas) que facilitam a entrada de bactérias e a infecção do ouvido.

Como devo fazer para evitar a otite externa?

1) Evite manipular o ouvido.

Uma das causas mais comuns de inflamação do ouvido, como já foi dito, é justamente a manipulação do ouvido com unha, cotonete, etc.

- Então o que devo fazer para limpar o ouvido?
         Depende. Se você não tem coceira nos ouvidos e usa o cotonete simplesmente porque quer limpar o ouvido, porque tem medo dele estar sujo ou algo assim, a resposta é "NADA". Você deve fazer absolutamente nada. O ouvido não precisa ser limpo por dentro. A cera sai naturalmente. Você deve limpar o ouvido por fora com uma toalha de banho, no máximo. NÃO USE COTONETE.
        A pele do ouvido cresce de dentro para fora. Isso naturalmente vai expulsando as impurezas, o excesso de cera e a descamação da pele para fora do ouvido. Se você encontra um pedaço de cera saindo do seu ouvido, não significa que lá para dentro está tudo entupido, que a cera foi acumulando e "transbordou" pela saída do ouvido. Pelo contrário. O mais provável é que para dentro o ouvido esteja limpo, que o mecanismo de autolimpeza do ouvido esteja funcionando perfeitamente e que aquilo que está saindo é justamente o excesso que precisava ser eliminado. Portanto, basta remover com uma toalha aquilo que está mais para fora, que está visível.
         Você só deve se preocupar em procurar um otorrinolaringologista se notar que não está ouvindo bem de algum dos lados (ou de ambos) ou ainda se estiver com desconforto no ouvido ou sensação de ouvido tapado. Nesses casos é possível que haja um excesso de cerúmen no ouvido e seu otorrinolaringologista pode ajudar.

- Por que não devo usar cotonete?

a) Porque o cotonete não consegue remover a cera.

         Os cotonetes são largos demais para o conduto auditivo (túnel do ouvido). Eles não são capazes de puxar a cera para fora. O cotonete toca na cera, a ponta do cotonete sai suja, mas na verdade o que ele faz é empurrar a maior parte da cera para dentro. Isso vai literalmente socando a cera (que sairia normalmente expulsa) para dentro do ouvido, criando uma rolha de cera. Aí só o otorrinolaringologista, sob visão direta, conseguirá remover.

b) Porque o cotonete machuca a pele do ouvido.
           A pele do ouvido é muito fina. O contato com o cotonete é suficiente para machucá-la, criando as já mencionadas "pequenas feridas" que propiciam a invasão de bactérias e criam as otites externas.

2) Não deixe seus ouvidos úmidos

Principalmente se você já teve otite externa antes e notar que ao sair da praia, piscina ou mesmo do chuveiro os ouvidos estão "tapados" por água, convém remover o excesso. Um pouco de álcool etílico (uma tampinha é suficiente) ou outro líquido prescrito pelo seu otorrinolaringologista pode ser usado para remover o excesso de água sem usar cotonetes ou fazer malabarismos. Mas cuidado, se o ouvido já estiver inflamado (doendo), não é recomendável aplicar nada sem antes consultar um otorrinolaringologista.

E se meu ouvido coça muito? O que devo fazer?

Se você usa cotonete porque o ouvido está coçando muito, você deve procurar um otorrinolaringologista. Existem medicações (quase sempre gotas otológicas) que vão diminuir até acabar com a coceira. Mas certamente traumatizar o ouvido com cotonete ou o que quer que seja não é a solução. 

Otites externas de repetição

As otites externas de repetição são mais comuns em nadadores, mergulhadores e aqueles que estão constantemente na água. Existem também, como já mencionamos, aqueles que têm uma coceira crônica no ouvido (otite eczematosa, por exemplo) e que por isso manipulam o ouvid com frequência causando otites de repetição.
Outra causa comum de otites externas recorrentes são os condutos estreitos, isto é, o túnel do ouvido é muito estreito (ou cheio de irregularidades), o que dificulta a saída natural de descamações e impurezas do ouvido, propiciando as otites de repetição.
Otites externas recorrentes podem ser curadas. O tratamento normalmente passa por uma fase inicial de controle da infecção, com gotas otológicas e visitas frequentes ao consultório do otorrinolaringologista, muitas vezes com a necessidade de fazer "curativos" no ouvido. Em seguida vem uma fase de manutenção com outro tipo de gota otológica, para evitar a recorrência.


Mais informações em otorrinobrasilia.com

Um comentário:

  1. Bom dia...
    Estava com um pouco de dor no ouvido e um zunido a varios dia que não me deixavam dormir, então resolvi pingar um remêdio no ouvido no outro dia melhorou aquele encomodo, mas logo começou a me encomodar novamente, coçar, arder, não escutava mais como antes e começou a vazar como se fosse uma água depois saiu pequenas inflamações na parte interna do ouvido, o meu ouvido está quase fechando o canal de dentro.
    O que seria isso??
    Sará apenas uma alergia ou é algo mais serio???
    O que devo fazer alem de consultar um especialista no assunto..

    ResponderExcluir